Análise das Preferências dos Estudantes no uso de Videoaulas: Uma experiência na Educação a Distância

Silvia C. Dotta, Erica F.C. Jorge, Edson P. Pimentel, Juliana C. Braga

Resumo


A produção de videoaulas e sua inserção como instrumento para o ensino-aprendizagem não é algo trivial devido aos múltiplos elementos envolvidos especialmente questões relacionadas à linguagem visual. Este artigo tem por objetivo analisar as preferências dos estudantes no uso de videoaulas numa disciplina conduzida na modalidade a distância. A experiência faz parte de um projeto piloto de uma universidade pública de São Paulo cujo objetivo principal é incentivar o uso das Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTICS) na mediação da educação a fim de avaliar os resultados e verificar a possibilidade de expansão da proposta. A análise pressupõe a problematização do gênero videoaulas, suas características e linguagens adequadas ao aprendizado.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5753/cbie.wie.2013.%25p