Modelos mentais: um estudo de caso referente à introdução de computadores no ensino

Pedro Henrique Borges de Almeida, Rodolfo Azevedo

Resumo


Resumo: Este artigo descreve um estudo de caso que mostra como os modelos mentais podem influir de maneira significativa na introdução de computadores no ensino. O estudo de caso em questão foi a inserção de dispositivos com interface pen-based em aulas de exercício colaborativas de Engenharia de Software. Através da aplicação de questionários foi possível levantar junto aos alunos quais as dificuldades encontradas em relação à nova abordagem didática, identificando as causas das divergências entre os dados colhidos e os resultados esperados. Adequando o aplicativo aos costumes dos alunos, repetindo experimento e realizando uma análise estatística dos dados foi detectada uma melhora significativa na impressão dos alunos e, portanto, uma sincronia com outros estudos da área.

Abstract: This paper describes a case study showing how the students' mental models can affect the introduction of computers in the learning process significantly. We evaluate the introduction of pen-based interface devices in collaborative exercise lectures in Software Engineering. By applying surveys to the students, we were able to identify the main difficulties imposed by the new environment, which made the data collected different from the expected. We then modified the software to fit into the students mental models, and so we could assess a significant enhancement in students' impressions, being in sync with others studies in the field.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5753/cbie.wie.2009.1555-1563